Degustação nas Vinícolas de Stellenbosch com a HotSpots2C

Imagine-se fazendo um passeio para as vinícolas de Stellenbosch e degustando vinhos premiados na mais pitoresca região vinícola da África do Sul.

Você caminha por belos pomares e vinhedos frondosos, participa de emparelhamento de vinhos que despertam seu paladar e revelam que combinações inusitadas podem ser muito melhor que você imagina.

Você passeia por ruas sombreadas por carvalhos enfileirados, com dezenas de cafés, boutiques, galerias de arte, e admira a intocada arquitetura sul-africana com influência Holandesa presente em Stellenbosch.

Você está pronto(a) para um requintado passeio para as vinícolas de Stellenbosch?

Fazer um passeio para as vinícolas de Stellenbosch tem que estar na sua lista quando visitar a África do Sul.
Nada melhor que beber uma taça de vinho no local em que ele é produzido.

Conhecer as vinícolas de Stellenbosch, definitivamente, deve estar na sua lista de lugares para conhecer quando você for à África do Sul.

Stellenbosch,a segunda cidade mais antiga do país, é conhecida por sua beleza natural, avenidas arborizadas, arquitetura colonial holandesa bem preservada, universidade, história, cultura e, claro, a sua rota do vinho – a maior e mais antiga do país.

Situada a cerca de 50Km ao leste de Cape Town e com mais de 150 vinícolas, Stellenbosch é um dos bate e volta saindo da Cidade do Cabo mais populares, atraindo tanto os connoisseurs, quanto os apreciadores de vinho e amantes da natureza.

Visitando a Cidade do Cabo novamente em janeiro de 2020, não perdi a oportunidade de retornar às vinícolas dessa região e degustar alguns dos melhores vinhos sul-africanos.

Há muitas razões pelas quais você deve reservar um passeio para as vinícolas de Stellenbosch em vez de dirigir:

  • O limite de álcool no sangueparadirigirna África do Sul é menos do que 0,05g/100ml. Isso significa que você só pode beber duas taças pequenas de vinho (175 ml) em quatro horas.
  • Você terá um guia que explicará todas as partes da jornada.
  • Você fará degustações em algumas das melhores vinícolas de Stellenbosch.
  • Irão te buscar e te deixar no seu hotel.
  • E você poderá beber o quanto quiser 🙂

*Transparência: Alguns dos links neste post são links afiliados, isso quer dizer que eu recebo uma pequena comissão quando você faz uma reserva através deles. Isso nunca acarreta custo adicional algum para você, e parte dessa renda contribui para minhas doações mensais para uma instituição de caridade.

Degustação nas Vinícolas de Stellenbosch com a HotSpots2C

Entre uma miríade de empresas que oferecem passeios para as vinícolas de Stellenbosch, eu escolhi a HotSpots2C, uma empresa que viajei para a Rota Jardim em 2018 e que recomendo para meus leitores e amigos.

Eles oferecem passeios em grupos pequenos em inglês, com um máximo de 13 pessoas, liderados por excelentes guias locais.

Durante meu passeio para as vinícolas de Stellenbosch com a HotSpots2C, eu visitei três vinícolas: Babylonstoren, uma das mais antigas do país; Marianne Wines Estate, para saborear biltong (carne curada seca), uma das iguarias sul-africanas mais conhecidas, emparelhada com vinho tinto; e Clos Malverse, para fazer a degustação de vinhos mais esperada, uma incomum harmonização de sorvete artesanal com excelentes vinhos.

Eu também teria tempo livre para explorar Stellenbosch e almoçar.

Passeio para vinícolas na África do Sul com HotSpots2C
Nossa van.

Meu passeio para as vinícolas de Stellenbosch começou às 8h30min, quando meu guia, Neville, veio me buscar.

Assim que entrei na van, Neville me apresentou as outras pessoas que estavam fazendo o passeio e começou a nos contar fatos interessantes sobre a Cidade do Cabo durante o regime do Apartheid, assim como da vida moderna na África do Sul.

Quando passamos pelo Antigo Edifício da Alfândega (também conhecido como Antigo Departamento de Assuntos Internos), Neville nos explicou a importância do edifício durante o apartheid. Foi lá que os testes de identidade racial ocorreram durante o regime.

Ele explicou que esses testes eram baseados principalmente na aparência física – cor da pele e características faciais. Mas também havia o infame “teste do lápis”, o da pronúncia de palavras em africâner (idioma falado apenas pelos brancos na época), etc.

Fiquei surpreso porque passei por esse prédio inúmeras vezes e nunca soube disso. Esta é uma das razões pelas quais adoro passeios com guias: você tem a oportunidade de aprender sobre a história do lugar que está visitando.

As histórias de Neville foram tão divertidas e agradáveis que o tempo voou. Após cerca de 50 minutos, chegamos a Babylonstoren, a primeira vinícola do nosso passeio.

Babylonstoren: Uma das Melhores e Mais Antigas Vinícolas de Stellenbosch

Datada de 1692, essa fazenda de 200 hectares fica no vale de Drakenstein, no coração da “Cape Winelands”. Ela possui um imenso e extraordinário pomar de frutas e vegetais, provavelmente a principal atração da fazenda, um moderno centro de degustação de vinhos, padaria, lojinha, dois restaurantes, um spa sereno e um hotel elegantíssimo.

Depois de estacionar o carro abaixo de uma treliça de videira, tivemos tempo livre para explorar o jardim de 3,5 hectares.

Fiquei completamente encantado andando pelo exuberante jardim da Babylonstoren! Ele possui mais de 300 variedades de plantas, alguns burros, galinhas, patos e uma onipresente sensação de tranquilidade que te segue por toda parte.

Babylonstoren é uma das melhores vinícolas da África do Sul.
Você vai adorar esse jardim!

Tudo está muito bem conservado e atraente. Eu poderia ficar lá relaxando e ouvindo os sons dos pássaros a manhã inteira…

Degustação na vinícola Babylonstoren
Babyslonstoren tem uma vista deslumbrante da Babylonstoren Hill, Simonsberg e as Montanhas Banghoek.

Babylonstoren oferece duas opções de degustação de vinhos: sete vinhos da carta da Babylonstoren (3 brancos, 1 rosé e 3 tintos), ou uma degustação Express de Chenin Blanc, Mourvèdre Rosé e Babel Red. Ambas as opções são servidas dentro de um moderno centro de degustação, com painéis de vidro do chão ao teto.

Essa foi a primeira degustação do nosso passeio pelas vinícolas de Stellenbosch e eu estava super ansioso para provar 7 dos excelentes vinhos da Babylonstoren.

Um garçom veio falar sobre os vinhos e serviu um adorável Chenin Blanc de 2019 com notas de goiaba, abacaxi, melão, uma pitada de groselhas frescas e tons de pera Peckham.

O segundo vinho servido tinha um intrigante blend (Chenin Blanc, Viognier, Chardonannay & Sémillon) com sabores tropicais (pêssego, limão e lichia), que é perfeito para o verão.

Depois dos três brancos e do rosé, tivemos a chance de experimentar um premiado vinho tinto. Outro blend requintado de sete uvas (Shiraz, Cabernet Sauvignon, Malbec, Merlot, Petit Verdot, Cabernet Franc e Pinotage) com uma fusão de sabores de frutas vermelhas e chocolate. Foi a primeira vez que eu ouvi falar sobre a variedade de uva Petit Verdot, e provei um blend tão complexo.

Ainda não era meio-dia e eu já havia tomado sete taças de vinho…

Babylonstoren é sem dúvida uma das melhores vinícolas em Stellenbosch, e eu adorei!

Degustação na vinícola Babylonstoren
Não sou muito de beber, mas eu não dispenso uma boa taça de vinho.

Marianne Wines Estate: Meus Vinhos Preferidos

Seguimos para Marianne Estate, a boutique winery in the foothills of the Simonsberg Mountain.

Dessa vez nos sentamos em um deck aberto, com uma vista sem-fim das vinhas e das montanhas ao redor, para provar cinco vinhos meticulosamente selecionados para harmonizar com três cortes premium de biltong (carne seca curada geralmente apreciada como snack pelos sul-africanos).

Novamente, um garçom veio para explicar os vinhos e o emparelhamento.

Primeiro provamos um rosé com notas súbitas de frutas e flores no olfato e paladar. Depois provamos um extraordinário Sauvignon Blanc, o melhor vinho branco que tomei naquele dia.

Em seguida, degustamos o primeiro vinho tinto, um Pinotage 2016 emparelhado com biltong de gazela. Foi tão interessante ver como a carne seca melhora o sabor do vinho e vice-versa.

Por último, mas não menos importante, tivemos um premiado vinho tinto de 2010, Floreal, uma mistura de Cabernet Sauvignon, Merlot e Shiraz, que apresenta um complexo aroma de frutos pretos secos, com notas florais e de pimenta preta, emparelhado com biltong de beef.

O primeiro Floreal vintage produzido em 2004 foi escolhido por Gordon Ramsay para ser servido no aniversário de 90 anos de Nelson Mandela, no Palácio de Buckingham.

Adorei esse vinho! Ele é rico em cor e corpo, com uma bela expressão de fruta.

A harmonização da carne seca com vinho na vinícola Marianne foi super legal, não apenas por causa dos excelentes vinhos, mas também porque nos sentimos super alegres ao adivinhar as notas dos mesmos durante a degustação.

Harmonização de vinho com biltong na vinícola Marianne Wines Estate
Os vinhos tintos foram harmonizados com biltong de gazela, kudu e beef.

Saímos da Marianne Estate e fomos almoçar em Stellenbosch.

Nev nos deixou em uma avenida movimentada, com muitos carvalhos, restaurantes, galerias de arte, lojas e edifícios com arquitetura “Cape Dutch” (Holandesa do Cabo).

Clos Malvern: A Degustação de Vinho Mais Surpreendente

Após cerca de uma hora, saímos do centro da cidade e seguimos para Clos Malverse, a última e mais esperada parte do nosso passeio para as vinícolas de Stellenbosch, para fazer a harmonização de vinhos com sorvete.

Clos Malverse é uma fazenda de vinho familiar de 27 hectares, escondida nos véus enevoados do Vale Devon, que produz vinho artesanal tradicional.

Sentamos embaixo de algumas árvores e um garçom veio explicar o emparelhamento. Provaríamos um Sauvignon Blanc Brut emparelhado com Sorvete de Frutas Vermelhas e Pimenta Rosa, Chardonnay com Sorvete de Milk Tart ou Queijada de Leite (uma sobremesa tradicional da África do Sul), Pinotage le Café com Sorvete de Chocolate e Café, e Honeydew (um vinho de sobremesa) com Sorvete de Damasco.

Eu estava salivando com o simples fato de pensar nesses emparelhamentos.

Eu primeiro experimentei o Sauvignon Blanc Brut com Sorvete de Frutas Vermelhas e Pimenta Rosa. A explosão de frutos silvestres na boca destacou as notas tropicais do Sauvignon Blanc, com um final refrescante vindo dos grãos de pimenta rosa defumados que cortavam a secura do Brut.

Os aromas do Sorvete de Queijada de Leite permitiram que os sabores amadeirados do Chardonnay ficassem na língua por mais tempo. O frutado e delicioso Sorvete de Damasco realçou as notas tropicais do vinho de textura aveludada, e combinou perfeitamente com o xarope desse vinho de sobremesa.

Mas o Sorvete de Café e Chocolate emparelhado com Pinotage, OMG, foi uma combinação divina! Ele derretia na boca deixando-a maravilhosamente cremosa a cada gole e colherada. As notas defumadas do café destacaram a doçura do vinho, e o chocolate complementou os grãos de café torrado e o sabor mocha do vinho.

Foi ridiculamente bom e eu fiquei estupefato!

A harmonização de vinhos com sorvete é uma ideia brilhante e você deve experimentá-la indubitavelmente!

Passeio para as vinícolas de Stellenbosch
Eu nunca pensei que essa combinação fosse tão apetitosa!

Ainda tivemos tempo livre para passear pela vinícola antes de voltar para a Cidade do Cabo.

Eu aproveitei as habilidades de fotógrafo do Nev para tirar umas fotos para o meu Instagram.

Por volta das 17h30min eu estava de volta ao hotel e me sentindo extremamente feliz por ter feito esse memorável passeio pelas vinícolas de Stellenbosch.

Eu realmente recomendo reservar esse passeio com a HotSpots2C, pois aposto que você vai adorar tanto quanto eu.

Boa viagem e não fique (tão) bêbado 😉

Saúde!

Como Reservar o Passeio Para as Vinícolas de Stellenbosch

Todos os meu leitores tem 5% de desconto no passeio para as vinícolas de Stellenbosch.

Basta clicar nesse link e usar meu código promocional, 7CONTINENT1PAS, para ter o desconto.

Mais conteúdo sobre a África do Sul que pode te interessar:

Planejando uma Viagem para Cape Town

Onde Fica Cape Town?

Cape Town é uma cidade portuária no sudoeste da África do Sul, numa península abaixo da imponente Table Mountain (veja a localização exata aqui).

Como Chegar a Cape Town?

Você pode ir para Cape Town de carro, ônibus, avião ou cruzeiro.

Saindo do Brasil você pode pegar um voo direto para Joanesburgo e em seguida fazer conexão para Cape Town.

Para achar os melhores preços de passagens aéreas, eu recomendo o Skyscanner, que é o site que uso e confio.

Há um ônibus hop-on hop-off que liga Johanesburgo à Cidade do Cabo que permite ao passageiro fazer várias paradas entre as duas cidades. Veja as condições e os preços aqui.

Melhor Época para Visitar Cape Town?

Você pode visitar a Cidade do Cabo em qualquer época do ano, mas dezembro, janeiro e fevereiro são os melhores meses para visitar Cape Town graças as excelentes condições meteorológicas.

Se você quiser ir num período mais calmo e barato, eu recomendo visitar Cape Town entre março e maio ou de setembro a novembro. Nessas épocas do ano o tempo ainda está bom.

Onde Ficar em Cape Town?

Eu fiquei no V&A Waterfront Luxury Apartments e adorei. Se você estiver procurando um lugar para ficar na Cidade do Cabo, eu também recomendo:

Não esqueça de salvar esses pins 😉

Bloco de Afiliados Para cada reserva feita pelo meu site eu doou US$ 1 a uma instituição de caridade. Boa Viagem ☺

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.